Recursos de Subvenção

Recursos de Subvenção

cheap pills Subvenção Econômica A subvenção econômica pode ser definida como o compartilhamento dos custos e riscos da pesquisa e desenvolvimento (P&D) entre empresa e Estado. Seu uso está previsto no artigo 8º do acordo da Organização Mundial do Comércio (OMC) até 75% do dispêndio total, inclusive os investimentos fixos, e é o recurso mais usado por todos os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e por vários países emergentes bem sucedidos. Na empresa, a subvenção governamental pode dar suporte ao risco da ruptura com a dependência tecnológica de licenciadores, promovendo a inovação e contribuindo para o crescimento do País. No Brasil, o mecanismo ainda é usado de modo inapropriado, já que, em vez de ser destinado ao setor produtivo em geral, é dirigido a produtos e setores específicos escolhidos pelo Governo – adquirindo assim características de encomenda tecnológica, porém sem mercado assegurado. Editais cheap pills O artigo 19 da Lei 10.973 de 2004, mais conhecida como Lei da Inovação, prevê, entre outros itens, a concessão de recursos financeiros por parte da União para promover o desenvolvimento de produtos ou processos em empresas nacionais. Para ter acesso aos recursos, as empresas participam de editais lançados por agências de fomento. Edital de Subvenção Econômica da Finep O edital de subvenção à inovação da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agência do Ministério da Ciência e Tecnologia, concentra a maior parte dos recursos destinados à inovação. Lançado em uma única chamada anual, o edital costuma funcionar como uma encomenda tecnológica, já que define setores e produtos específicos para receber apoio, em vez de subvencionar a inovação no...